Setor têxtil registra queda na produção física

A Abit, divulgou no dia 12 passado nota sobre os impactos da Copa no setor de confecção e têxtil nacional. A nota afirmava que o primeiro trimestre desse ano desenhava-se boas expectativas quanto à Copa. Contudo, em abril e maio, o varejo não respondeu como o esperado. De janeiro a abril de 2014 houve queda de 6,9% no segmento têxtil e crescimento de 0,8% no vestuário. Segundo o Termômetro Têxtil/IEMI, no comparativo entre abril de 2014 e abril de 2013, o setor apresentou queda de 11,8% e o vestuário apresentou queda de 6,7%. (Folha de Londrina – 12/06/2014 – @iemipesquisas)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.