Serviços perdem fôlego

Segundo o IBGE o setor de serviços, medido a partir de 2012, em julho último, cresceu 4,8% que descontada a inflação, de acordo com a consultoria Tendências, em termos reais, caiu -3,8%. Reflexo disto, nas palavras da economista-chefe da Arx Investimentos – Solange Srour, “pode se ver, também, uma desaceleração mais forte no mercado de trabalho, nos próximos meses”. (OESP/17-09-2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.