Varejo de vestuário avança com boas perspectivas

Varejo de vestuário avança com boas perspectivas

No Brasil há cerca de 148 mil pontos de venda de vestuário, onde foram comercializados mais de 6,2 bilhões de peças e movimentado aproximadamente R$ 225,7 bilhões em 2018, (-)0,4% inferior em volumes e crescimento de 2,4% em valores sobre 2017. As estimativas preliminares para 2019 mostram crescimento de 0,1% em peças vendidas e 1,1% em receita.

Para o varejo de vestuário em 2020, considerando os últimos indicadores, projetasse um crescimento mais proeminente, de pelo menos mais 3,3% em volume de vendas e 2,6% em receita.

O canal de venda, mais representativo em volume de vendas foi o de lojas independentes com 36% dos volumes comercializados. E já em valores, as lojas de departamento especializadas em moda se sobressaíram nos últimos cinco anos, ganhando maior participação de mercado e tornando-se o principal canal de distribuição do varejo de vestuário brasileiro, em receitas de venda.

Para acessar estas informações em profundidade, conheça o Estudo dos Canais do Varejo de Vestuário e suas opções para aquisição.

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta