Um homem raro, que faz falta à cidadania brasileira

Hoje, completam-se 15 anos do falecimento de André Franco Montoro, o professor universitário e o político íntegro que notabilizou-se por fazer prevalecer o verdadeiro sentido da cidadania, embasada na política democrática-cristã do pós-guerra, em toda a sua atividade política vivenciada no Partido Democrata Cristão (PDC), antes de 1964, assim como no MDB, um dos seus organizadores. Participou do PMDB; fundou o PSDB e criou seu símbolo, o tucano. Foi vereador, deputado estadual, federal, senador, governador e ministro de Estado (do Trabalho), por 10 meses, no Gabinete Tancredo Neves, quando incentivou a sindicalização rural e criou o salário-família. (Trecho do artigo “Montoro, pedagogo da política” do historiador Marco Antonio Villa/Estadão – 15/07/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta