Suvenir e Negócios

Estimativas indicam que os turistas brasileiros gastam cerca de US$ 5 bilhões por ano na aquisição no exterior de roupas, calçados e acessórios. Há pessoas que estão transformando as compras nas viagens de “turismo” em rentável negócio. Ao desembarcar nos principais aeroportos, observa-se a grande quantidade de malas, com destaque para os que vêm dos EUA…

…Como os aeroportos não estão preparados para atender à demanda, é fácil entender que a fiscalização não tem os meios para realizar um controle mais rigoroso. Apesar disso, a Receita Federal tem feito um trabalho de qualidade, tendo submetido, em 2013, mais de seis milhões de bagagens à inspeção indireta, via scanners e 659 mil diretas. Aprendeu US$ 20,5 milhões em mercadorias diversas e levou a perdimento outros R$ 7,5 milhões em produtos…

…É preciso distinguir o turista do negociante contumaz, que dribla a legislação e prejudica aqueles que investem e acreditam no Brasil…

…Outra medida premente é desonerar de impostos as compras feitas pelos visitantes internacionais, como fazem diversos países, incluindo Argentina e Uruguai. Aumentaríamos o potencial de consumo dos estrangeiros, contribuindo para a redução do déficit da conta de turismo, que alcança algo como US$ 17 bilhões anuais. (Trechos de artigo de Fernando V. Pimentel – Diretor-superintendente da Abit, no jornal Monitor Mercantil – 04/07/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta