Produção nacional de calçados deve crescer 3,6% em 2014

A indústria calçadista brasileira deve aumentar a produção em 3,6% este ano, enquanto o consumo aparente, resultado da produção + importação – exportação, crescerá 2,6%. Os números fazem parte do estudo Mercado Potencial de Calçados em Geral, elaborado pelo IEMI – Inteligência de Mercado, de São Paulo. Segundo o IEMI, o volume fabricado deve chegar a 932 milhões de pares, ante 899 milhões de 2013. Já o consumo previsto para o mercado interno é de 837 milhões de pares, enquanto as exportações devem totalizar 138 milhões de pares, com alta de 12,3%. Tal como a produção e o consumo, as importações de calçados também serão maiores este ano. A previsão do IEMI é de que o volume importado de China, Vietnã e outros países totalize 42,9 milhões de pares, 9,8% superior ao de 2013. “As expectativas são de que os artigos importados alcancem uma participação de 5,1% sobre o consumo aparente, em volume de pares, e as exportações representem 14,8% da produção, quando considerados todos os grupos de calçados produzidos e consumidos no País”, afirma o diretor do IEMI, Marcelo Prado. (Fonte: Assintecal)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta