Poderão ser 37 mil demitidos

Um dos legados imediatos da 21ª Copa de Futebol, terminada no último dia 13 com a vitória dos alemães poderá ser a difícil recolocação de cerca de 37 mil trabalhadores, temporários, empregados que durante junho e julho foram alocados em hotéis, bares, restaurantes, entre outros, nas cidades sedes, das competições, segundo estima a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA). (OESP – 16/07/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta