Luz mais cara em 2015

Segundo a Aneel, as contas de luz deverão sofrer aumentos que poderão ser de 8% para mais ou para menos, dependendo do regime de chuva e outras determinantes. Servirá também para cobrir a médio prazo, o prejuízo das distribuidoras que, neste ano, já receberam empréstimos de R$ 11,2 bilhões além de outros R$ 6,5 bilhões que estão sendo negociados para cobrirem prejuízos das mencionadas distribuidoras. (Da mídia)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta