Logística poderá afetar exportação de algodão

O Brasil como o segundo maior exportador de algodão do mundo, poderá correr riscos frente a problemas de logística. Segundo o presidente da Anea, Henrique Snitcovski, “Caso o Brasil queira continuar a ampliar suas exportações haverá sim a necessidade de desenvolver novos portos para tal. Em 2018, 99,5% das 913,3 mil toneladas embarcadas para o exterior saíram pelo porto do Santos. Segundo informação do Conab, nesta safra 2018/2019, as exportações nacionais deverão atingir 1,7 milhão de toneladas. Projeções da USDA, Departamento de Agricultura dos EUA, a safra de 2019/2020 poderá superar 2,5 milhões de toneladas. (Agronegócios/Valor/29-05-2019)

3003

(Imagem meramente ilustrativa)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

Deixe uma resposta