Dia das Mães, Varejo e o Consumidor de Móveis no Brasil

Dia das Mães, Varejo e o Consumidor de Móveis no Brasil

No próximo dia 8 de maio será o Dia das Mães e você já pensou nos móveis como presente? O mês de maio costuma ser um bom mês para o varejo de móveis e colchões no Brasil.

Varejo de Móveis e Colchões no Mês de Maio

Em maio de 2021 foram vendidas mais de 36 milhões de peças de móveis e colchões, com quase 31% de crescimento em relação ao mesmo mês de 2020, momento em que vivíamos um período de lockdown no varejo, por conta da primeira onda da Covid-19.

No ano passado, as vendas do mês de maio geraram receitas de R$ 8,9 bilhões para o varejo local, com uma alta de quase 50% sobre o mesmo mês do ano anterior.

Varejo de Móveis e Colchões em 2021

Considerando todo o ano de 2021, estimativas preliminares do IEMI apontam para receitas de R$ 101,0 bilhões no varejo de móveis e colchões no Brasil, registrando um crescimento de 7% em valores nominais, sobre o ano de 2020. O volume de peças comercializadas, entretanto, registrou uma pequena queda de -1,8%, em boa parte afetada pelos aumentos elevados nos preços médios dos produtos comercializadas pelo segmento.

Pandemia no Varejo de Móveis e Colchões

Após um dos períodos mais críticos da pandemia, ocorrido no primeiro semestre de 2020, o varejo de móveis e colchões apresentou uma retomada muito forte e registrou uma recuperação em “V” batendo recordes de vendas no final daquele ano. Posteriormente, o consumo de móveis se manteve aquecido ao longo de todo o primeiro semestre de 2021, arrefecendo apenas no final do ano.

Este comportamento se deu em grande parte pela compra de móveis residenciais de toda sorte, em especial para o home-office, devido ao estímulo ao trabalho remoto no contexto da pandemia.

Há que se ponderar que a venda de móveis e colchões pela internet neste período, a título de exemplo, aumentou 80,8% em valores (R$), sobre 2019, acelerando o seu ritmo de expansão, que já acumula crescimento de quase 23x, nos últimos 10 anos.

Comportamento do Consumidor

Caminhando para uma análise perfilada, tendo por base o último Estudo do Comportamento de Compra do Consumidor de Móveis do IEMI, homens gastam um pouco mais que as mulheres em móveis, e apresentam uma média de R$ 2.900,00 a cada compra, enquanto o gênero feminino gasta R$ 2.600,00, por evento.

Ao olhar para o poder de compra dos consumidores, o poder de compra A, gasta em média R$ 4.000,00 por compra, um valor bem acima dos R$ 2.800,00 que é o valor médio gasto pelos consumidores de móveis.

Já na análise regional, o Sudeste possui a maior média de gasto com móveis, no valor aproximado de R$ 3.100,00, enquanto o Nordeste possui a menor média, qual seja, algo em torno de R$ 2.400,00.

Por fim, referencialmente à idade, os consumidores com idade entre 25 e 44 anos respondem pela faixa etária com as maiores médias de gasto na compra de móveis, ou seja, aproximadamente R$ 3.000,00.

Atributos Desejados nos Móveis

Em relação aos atributos desejados em um móvel: a “boa qualidade” foi o indicador mais ressaltado, com 52% das citações, seguido de “resistência e durabilidade”, com 36% e, em terceiro lugar, o “preço bom e barato”, o qual acolheu 32% das citações.

Fica evidenciado que a marca parece não ser um fator tão decisivo na hora da compra de móveis. Somente o poder de compra A parece se importar um pouco mais com esse atributo e 62% destes consumidores, consideraram a marca como um fator decisivo.

Sustentabilidade

Em relação à sustentabilidade, 63% dos consumidores compraram móveis sustentáveis em sua última compra e, dentro desse grupo, 92% acreditam que o indicador em tela teve peso relevante em sua decisão de compra.

Entre os consumidores que se mostraram dispostos a pagar mais por um móvel comprovadamente sustentável, restou constatado que eles pagariam até 26% a mais, em média, pelo produto, como efeito assecuratório de que o mobiliário cumpre os requisitos de sustentabilidade.

Canais de Compra

Analisando os canais de compra, 63% dos consumidores fizeram a sua última compra de móveis em lojas físicas e cerca de 36% o fizeram pela internet.

Dentre os que compraram pela internet, 97% ficaram satisfeitos com a aquisição e a motivação da compra por este canal se deu principalmente pela oferta de preços mais acessíveis aliado a fatores como facilidade e comodidade em comparação com a loja tradicional.

Estudo do Comportamento de Compra do Consumidor de Móveis

Entenda os perfis, o comportamento e motivações dos consumidores de móveis, sua ocorrência na população brasileira.

Abaixo seguem alguns highlights do estudo exclusivo sobre o Comportamento de Compra do Consumidor de Móveis em 2021/2022.

Realizado bienalmente, este relatório IEMI traz uma análise completa do comportamento de compra do consumidor de móveis no Brasil. Baseado no relato da última compra realizada com mais de 1000 consumidores, mapeia fatores decisórios de compra com estratificação por perfil e por região do País, considerando: faixa etária, gênero e poder de compra.

Imagem do produto:

Canais do Varejo:

Receba um OVERVIEW gratuito do relatório.

O Estudo do Comportamento de Compra do Consumidor de Móveis apresenta:

Ocorrência dos perfis nos diferentes grupos da população

1. Representatividade
2. Perfil por gênero
3. Perfil por faixa etária
4. Perfil por poder de compra
5. Perfil por região onde mora

Gênero, idade, poder de compra e região

Tempo que realizou a última compra
Momento de vida na ocasião da última compra
Compra foi realizada em época comemorativa ou promocional
Destino do móvel adquirido
Lembrança do valor gasto na última compra
Valor gasto na última compra
Quantidade de produtos adquiridos na última compra

Linha de produto adquirido
Material do móvel adquirido
Ambiente mais valorizado em termos de decoração
Ambiente de maior custo para ser mobiliado
Pagaria mais para ter um móvel com design diferenciado
Compraria um móvel com cores diferentes das habituais
Característica do produto
Já havia visto o móvel em outra oportunidade
Onde viu o móvel
Após ter visto o móvel, planejou comprá-lo
Tempo de planejamento
Comparou o mesmo móvel em outras lojas
Pesquisou na internet antes de realizar a compra
Itens relacionados ao móvel pesquisados na internet
Após pesquisa na internet visitou loja física para conhecer o móvel

Utilizou os serviços de um profissional de decoração
Profissional acompanhou no momento da compra ou apenas orientou
Principal motivo para contratar um profissional especializado
Estava acompanhado no momento da compra
Palavra final na escolha do móvel

Canal em que comprou o móvel
Canal Loja Física
Onde a loja se encontrava
Tipo e formato da loja em que comprou
Localização da loja escolhida
Conhecia a loja em que realizou a compra
Já havia comprado nessa loja
Com que frequência compra nessa loja
Influência do vendedor da loja
Repara nas vitrines
Deixa de entrar na loja por causa da vitrine
O que mais o agrada em uma loja
Motivos para rejeitar uma loja
Prazo satisfatório para a entrega
Prazo satisfatório para a montagem
Atendimento do montador
Serviços mais importantes oferecidos pelas lojas
Indicaria a loja a seus amigos
Perfil de vendedor considerado o mais adequado
A loja manteve contato após a venda
Preferência por qual tipo de loja

Frase que descreve melhor o seu hábito de compra pela internet
Pesquisou em alguma loja física antes da compra
Já conhecia o site em que realizou a compra
Já havia comprado nesse site
Motivos para comprar pela internet
Razões para não comprar pela internet
Satisfação com a compra realizada
Compraria novamente nesse site
Recebeu o produto no prazo
Recebeu o produto correto
Valor do frete
Indicaria esse site para algum amigo
Equipamento utilizado para realizar a compra

Forma de pagamento
Quantidade de parcelas

As marcas – marcas lembradas x marcas adquiridas
Marcas lembradas
Se lembra da marca comprada
Marcas compradas
Já havia comprado a marca anteriormente
A marca foi decisiva no momento da compra
Pretende comprar novamente dessa marca
Procuraria os produtos dessa marca em diferentes lojas
Motivos para comprar dessa marca
Estaria disposto a pagar mais pelo produto

Lojas lembradas x lojas onde os móveis foram comprados

Sites em que os móveis foram pesquisados
Site utilizado na compra
Como chegou ao site em que realizou a compra

Conheça os estudos prontos do mercado de móveis e colchões exclusivos IEMI.

Conheça outras pesquisas exclusivas IEMI.

Deixe uma resposta