Ariano Suassuna deixa a vida e passa a ser história

“O sonho é que leva a gente. Se a gente for seguir a razão, fica aquietado, acomodado”. O autor desta frase, nascido em 1927 na cidade de João Pessoa (PB), faleceu ontem no Recife (PE) – Ariano Suassuna. Perdeu o Brasil, uma raiz de sua cultura, pensamento e memória. Dramaturgo, poeta, professor, pensador, romantista e autor, Suassuna deixa a Terra para ser agora, quem sabe, “participante da crença cósmica medieval”, como registrou Sábato Magaldi, ao tomar conhecimento da obra de Ariano em 1957. Em 1980, trabalhava em “O Jumento Sedutor”, que seria lançado este ano pela José Olympio. Porém, por duas vezes pediu à sua editora, Maria Amélia Mello para jogar fora esses originais. A obra, agora, espera por definição da família. (Estadão – 24/07/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços

Deixe uma resposta