Varejo de moda poderá perder vendas no final do ano

“Vimos o setor freando compras dos fornecedores, mas a demanda, poderá ficar acima do que se esperava”, afirma Marcelo Villin Prado, diretor do IEMI – Inteligência de Mercado. A demanda dos consumidores, tende a reaquecer as vendas do varejo de moda no final de ano, mas pode esbarrar na falta de abastecimento das redes, na avaliação de Marcelo, durante coletiva de imprensa, realizada pela Abit, no última dia 28/9. A projeção do IEMI para este 2018, é de crescimento 1,8% nas vendas em volume no varejo de moda brasileira. É uma desaceleração, ante os 8,1% de expansão em 2017 e que agora depende do setor ganhar fôlego no final do ano, depois das vendas no primeiro semestre, terem sido prejudicas por diversos fatores, além da greve dos caminheiros. (Estadão/01-10-2018)

Capa-book-IEMI-Brasil-Têxtil-2018

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.