Tolerância zero para atraso em obras

O governo federal fecha cerco às concessionárias de rodovias que assumiram, em 2008, a responsabilidade de ampliar e cuidar de sete trechos de estradas federais, que somam 3,1 mil km e foram realizadas na gestão do ex-presidente Luis Inácio da Silva. A partir de agora a ordem do MT (Ministério dos Transportes) é adotar tolerância zero com os atrasos de obras nessas concessões. (Da mídia)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.