Têxtil revê, seu desempenho para a melhor

De acordo com o presidente da entidade do setor têxtil e confeccionista (Abit), Fernando Pimentel, em reportagem do jornal Valor, de hoje, esses segmentos deverão ter crescimento de 2% sobre 2016, ante o projetado 1% anteriormente. Foram destacados, ainda de acordo com esta entidade como fatores positivos, a geração de 20 mil empregos no período dos meses de janeiro a maio. Se tal evolução confirmar-se até o final deste ano, p setor poderá fechar 2017 com 1,5 milhão de empregos, nível alcançado no final de 2015. (Empresas/ Valor/19-07-2017)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.