Startups em alta

Ao longo dos últimos12 meses, mesmo com pouca idade (média de 2,7 anos), segundo dados da Associação Brasileira de Startups (ABStartups) empresas como Nubank, PagSeguro, iFood, Stone e Rappi, atingiram estágio de unicórnio (valem R$ 1 bilhão) graças aos aportes financeiros recebidos. Guilherme Horn, líder de inovação da Accenture aposta em bons ventos para o ecossistema brasileiro de startups para 2019. Os investimentos em startups registrado no primeiro semestre de 2018, tiveram um crescimento de mais de 60% sob o mesmo período de 2017. (Estadão/PME/20-12-2018)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.