Setor calçadista prevê aumento de 3,8% na produção de 2013

O setor calçadista inicia o ano com a previsão de um aumento de 3,8% na produção, em comparação com a do ano anterior. Em 2012, o setor fechou em -1,8% se comparado a 2011. Os números fazem parte do estudo “Projeções de Mercado”, elaborado pelo IEMI Inteligência de Mercado, que prevê a recuperação graças à valorização do dólar, à reação do varejo e a ações macroeconômicas como taxa de juros abaixo de 8% e ações pontuais para a redução de encargos trabalhistas.

Em relação a valores, a expectativa é de resultados positivos tanto para a produção quanto para o varejo. O índice de crescimento da produção deverá acompanhar o crescimento previsto para o PIB, embora a indústria continue ainda pressionada pela elevação dos seus custos de m 2013.

O varejo, por outro lado, apresenta maiores oportunidades de crescimento não só pelo aumento da renda das famílias, do emprego e da facilidade do crédito, mas também pela redução do frenesi causado pelo consumo de automóveis, eletrônicos e linha branca, fomentados com a redução do IPI.

Tabela Calçados

Marcelo Villin Prado, diretor do IEMI, explica: “a redução do IPI para os bens duráveis, gerou uma demanda reprimida por outros produtos, como o calçados, que deverá ser atendida nos primeiros meses do ano que vem”. O diretor ressalta ainda que o resultado obtido em 2012 ainda foi reflexo de situações sentidas em 2011 como a entrada de produtos importados, a crise mundial e o protecionismo da Argentina.

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.