Roupa infantil segue em alta

O mercado de moda infantil e bebê (para a idade de até 12 anos), deve seguir trajetória de crescimento. Para 2017 a projeção é de alta de 3% na produção e de 6,2% no faturamento. Levantamento do IEMI – Inteligência de Mercado mostra que no ano de 2016 este segmento recuou 3,7% em volume, enquanto no adulto a retração foi de 5,9%. “Um dos motivos é que as crianças perdem as peças de um ano para outro, seja pelo desgaste ou por ficarem pequenas demais pela rápida fase de crescimento, principalmente dos bebês”, explica Marcelo Prado, diretor do IEMI. Por outro lado, ainda segundo Prado, “Como o mercado para crianças e bebês ficou mais estável nos últimos anos, ele não conta com demanda tão reprimida como a dos adultos que deixaram de ir às compras nos últimos tempos”. (DCI/27-09-2017)

Dollarphotoclub_70400522

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.