Retrocesso

Com anuncio de página, publicado na grande mídia (50 anos de retrocesso…), a entidade que congrega o setor químico brasileiro – Abiquim, e mais outras 11 entidades que envolvem este segmento, questiona a posição do governo federal frente ao fato de no dia 31 próximo vencer o prazo de contrato de longo prazo firmado pela Petrobras para o fornecimento de nafta para a industria química que gera 2 milhões de empregos e movimenta cerca de R$ 157 bilhões anuais, até agora (28 de outubro) este setor não tem certeza se o mesmo acordo será assinado. Denuncia ainda, nesta mensagem, que esta estatal nos últimos anos desviou a nafta petroquímica para cobrir os seus déficits de gasolina, importando a matéria prima para atender o setor industrial. (Fonte: A Entidade/28-10-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.