Retomada da produção e consumo de vestuário

Os sinais da retomada da produção e do consumo no Brasil já são bastante consistentes e disseminados pelas diferentes linhas do vestuário. Prova disso são os resultados do primeiro semestre deste ano que, como já era previsto, registrou crescimento expressivo na produção, com um avanço de 5,2% em volumes de peças confeccionadas, sobre o mesmo período do ano passado.

Este crescimento foi puxado por uma demanda mais aquecida no varejo local, onde o frio, a melhora no emprego e o dinheiro sacado do FGTS ajudaram a elevar as vendas de vestuário nas lojas, em +5,7% na mesma base de comparação (em volumes de peças, sobre o primeiro semestre do ano passado). Para o final deste ano, não temos dúvida, que avançaremos ainda mais, o que deverá renovar o otimismo das nossas empresas, em relação ao futuro do nosso mercado. (Trecho da coluna de Marcelo Villin Prado – sócio diretor do IEMI – Inteligência de Mercado, na edição 158, da Revista Word Fashion)

Untitled-1

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter>

Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.