Reformas irão criar 10 milhões de empregos

O primeiro ministro da China, Li Keqiang, espera que reformas tributárias reduzam o custo de inovação e ajudem a criarem empregos para mais de 10 milhões de pessoas graduadas em universidades e escolas técnicas, de acordo com comunicado no portal do governo chinês, ontem. (Reuters/DCI/SP/05-04-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.