Reduzir frequência e aumentar preços

A aérea Azul, que em agosto sua oferta subiu 33,15%, segundo a Anac, face à alta no custo do combustível e alta do dólar, deverá recorrer à redução de frequências e aumento nos preços de suas passagens, também, em função da deficiente infraestrutura em determinados aeroportos nacionais, que agravam os custos finais. (Brasil Econômico – 10/09/2013)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.