Press Release: IEMI mostra que emoção é o que determina escolha de moda íntima

Em novo estudo, IEMI mostra que emoção é o que determina escolha de moda íntima

A escolha de lingerie é determinada, predominantemente, por fatores emocionais. Se até bem pouco tempo, o conforto das peças era a razão principal na decisão de compra, o último estudo sobre Comportamento de Compra da Consumidora de Moda Íntima, realizado pelo IEMI Inteligência de Mercado, aponta para uma mudança: as mulheres também querem se sentir mais sexy e atraentes.

O estudo contou com questões respondidas, voluntariamente, por mulheres de todas as classes sociais, com idade acima de 15 anos e residentes em todas as regiões do País. Ao todo, participaram voluntariamente da pesquisa 1.250 consumidoras de produtos de moda íntima. O universo de pesquisados proporciona uma excelente cobertura amostral e garante representatividade aos resultados.

 Entre os aspectos mais interessantes abordados na pesquisa estão os motivos que impulsionam a aquisição de lingerie e os mais apontados foram aqueles que estavam relacionados à “emoção da compra”.

Apesar de o principal motivo apontado ser substituir uma peça antiga (26,6%), todas as outras opções ligadas à emoção somam juntas 70,1% das respostas.

 

Motivo da compra
. Motivo Total
  Substituir uma peça antiga 26,6%
  Queria me dar um presente 18,8%
  Me sentir bonita/bem vestida 15,2%
  Faltava um produto como esse em meu armário 11,7%
  Me sentir sexy/sensual 11,4%
  Comprei por impulso 4,2%
  Queria modelar o corpo 3,6%
  Uma festa/evento especial 3,3%
  Troca de estação 1,0%
  Outros 4,2%
. Total 100,0%

Fonte: IEMI

“A lingerie, assim como a maioria dos artigos do vestuário, são produtos desenvolvidos para a proteção e o conforto dos usuários, mas graças às inovações da moda e ao glamour das marcas, têm seus preços e vendas regidos pelo grau de encantamento que alcançam junto aos consumidores”, afirma Marcelo Villin Prado, diretor do Iemi.

Ainda que o conforto tenha sido apontado como item isoladamente preponderante no quesito imagem do produto (57,5%), elas puderam escolher, nesta edição da pesquisa, outros atributos e os de caráter emocional, somados, superam o item conforto: sexy/provocante (28,3%), sofisticado (10%), romântico (16,1%), clássico (8,1%) e diferente (6,8%).

Quando questionadas sobre o tipo e formato de loja física que realizaram as compras, boa parte (46,7%) afirma optar pelas lojas multimarcas e 33,7% pelas localizadas em shopping centers. E quando o assunto é o sucesso de uma loja de peças íntimas, as opiniões se dividem:

33,7% apontam o fator variedade do produto como atributo fundamental, enquanto o fator preços mais baixos é confirmado por 31% das consumidoras. Já o fato do atendimento não ser bom (48,9%) continua a liderar a lista de motivos para a consumidora rejeitar um estabelecimento.

 Marcelo Prado explica que, além destas informações, a pesquisa faz uma radiografia completa do comportamento do consumidor, incluindo canais de compra, aspectos regionais, ocorrências dos perfis nos diferentes grupos da população, formas de pagamento, diferenças de comportamento e lembrança de marcas, entre outros.

“Este material é essencial para quem atua no segmento de moda íntima. Certamente é uma ferramenta indispensável para a tomada de decisões de confecções e varejistas”, finaliza o diretor.

 Sobre o IEMI

 O IEMI – Inteligência de Mercado foi criado em 1985 para atender a crescente demanda das indústrias e entidades por dados numéricos e comportamentais relativos aos seus mercados, bem como para ajudar a sustentar o planejamento de suas ações. O IEMI tornou-se a principal fonte de informações para importantes setores da economia brasileira, como o de moda íntima, contribuindo para seu melhor desenvolvimento.

 

Site: www.iemi.com.br

 

 Informações à imprensa

ADS Comunicação Corporativa

Vera Santiago – veras@adsbrasil.com.br – (11) 5090-3016

Marina Batista – marinab@adsbrasil.com.br – (11) 5090-3042

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.