Press Release: IEMI apresenta estudo do mercado moveleiro no 5º Congresso Moveleiro da FIEP, no Paraná

O 5º Congresso Moveleiro promovido pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), será realizado nesta semana, dias 11 e 12 de setembro, e vai reunir em Curitiba especialistas internacionais para falar sobre os caminhos possíveis para o setor, no Brasil e no mundo. Logo após a abertura oficial do evento, Marcelo Villin Prado, diretor do IEMI – Instituto de Estudos e Marketing Industrial,  apresentará os dados da 9ª edição do “Relatório Setorial da Indústria de Móveis no Brasil – Brasil Móveis 2014” que tem como objetivo fornecer informações setoriais e mercadológicas. A palestra terá início às 14 horas.

O Congresso trará às empresas do setor um ambiente voltado a criação de valor. A proposta visa reunir a cadeia produtiva nacional através de workshops, palestras, exposições, rodadas de negócios e, principalmente na interação com diversas empresas da cadeia produtiva, contando com a presença de fornecedores de insumos, bens e serviços, como também de outros players na fabricação de artigos da movelaria nacional e internacional.

O Relatório Setorial contou com o apoio institucional da Movergs (Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul) e da ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Nele, foram analisadas as atividades dos diversos setores que compõem a Cadeia Produtiva de Móveis no Brasil, sua estrutura produtiva, número de empresas em atividade, pessoal ocupado, volumes, valores da produção, consumo de matérias-primas etc.

Prado mostrará que, em 2013, a produção mundial de móveis apresentou alta de 3,7% em relação a 2012. A Ásia teve destaque e, somada à gigante China, é responsável por mais de 54,4% da produção mundial e 41% das exportações. A União Europeia, com seus 28 países-membros, obteve uma menor parcela no segmento, ocupando a segunda posição, com 23,4% da produção mundial. Na terceira posição está a América do Norte, como produtora e consumidora, alavancada pelos Estados Unidos, que, separadamente, são o segundo maior produtor e consumidor de móveis, com 10% e 17,3%, respectivamente. O Brasil detém 3,7% da produção mundial, mas possui uma parcela pouco significativa no comércio externo, com participação de 0,5%.

Produção da Cadeia Moveleira Brasileira

“A indústria de móveis no Brasil exerce um papel com destacada relevância na cadeia produtiva da madeira. Conta com uma enorme rede de varejistas especializados e lojas de departamento nos produtos ofertados, uma de suas principais fontes de receita”, afirma Marcelo Prado.

O setor produziu 476,2 milhões de peças acabadas em 2013, o que representa um aumento de 3,4% na comparação com 2012. No período de 2009 a 2013, o crescimento foi de 28,7%, representando alta média de 6,5% ao ano. A produção de colchões alcançou 35,5 milhões de peças em 2013, um crescimento levemente maior (5,6%). Porém, entre 2009 e 2013, houve expansão de 24,1%.

Os móveis para dormitórios somaram 34,6% do total produzido em 2013; para escritórios, 17,5%; para cozinhas, 11,9%; os estofados, 10,7%; os de sala de jantar, 10,6%; e os de sala de estar, 5,0%. Outros móveis, como os institucionais, somaram 9,7% do total da produção.

Evolução do Emprego e do Número de Empresas no Setor Moveleiro no Brasil

“De acordo com os dados apresentados no relatório, verifica-se a importância do setor produtor de móveis e colchões quando comparado aos indicadores da indústria de transformação no Brasil, tanto pela relevância do valor de sua produção quanto por sua capacidade de gerar empregos e divisas para o País”, ressalta Prado.

Em 2013, o setor de móveis e colchões produziu cerca de R$ 42,9 bilhões, o equivalente a 1,9% do valor total da receita líquida da indústria de transformação nacional.

Os empregos diretos e indiretos gerados pelo setor produtor de móveis e colchões somaram 328,6 mil postos de trabalho em 2013, o equivalente a 3,3% do total de trabalhadores alocados na produção industrial nesse ano, demonstrando que é um segmento de forte impacto social.

Principais Números do Setor

 A cadeia produtiva de móveis e colchões no Brasil, em 2013, era composta por:

 

  • 18,7 mil indústrias
  • 328,6 mil empregos
  • 511,8 milhões de peças produzidas
  • R$ 42,9 bilhões em valores de produção
  • US$ 686,4 milhões exportados
  • US$ 744,4 milhões importados
  • R$ 1,4 bilhão investido

 

Serviço

5º Congresso Moveleiro

Local:Campus da Indústria. Av. Comendador Franco, 1.341 – Jardim Botânico. Curitiba/PR.

Data e horário da palestra IEMI: Dia 11 de setembro, às 14 horas.

Informações sobre o Congresso:(41) 3271-9032.

Obs: Os interessados em participar podem se inscrever gratuitamente pelo site: fiepr.org.br/congressomoveleiro.

Sobre o IEMI

O IEMI – Instituto de Estudos e Marketing Industrial foi criado em 1985 para atender a crescente demanda das indústrias e entidades por dados numéricos e comportamentais relativos aos seus mercados, bem como para ajudar a sustentar o planejamento de suas ações. O IEMI tornou-se a principal fonte de informações para importantes setores da economia brasileira, como o moveleiro, contribuindo para seu melhor desenvolvimento.

Site: www.iemi.com.br

Informações à imprensa pelo IEMI:

ADS Comunicação Corporativa

Vera Santiago – veras@adsbrasil.com.br – (11) 5090-3016

Jacqueline Miranda – jacquelinem@adsbrasil.com.br – (11) 5090-3036

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.