Para muitos, a Copa foi gol contra

A nível mundial, muitas empresas consideraram esta Copa das Copas, no Brasil, um verdadeira gol contra. Segundo o The Wall Street Journal, alguns dos reclamantes: A Las Vegas Sans Corp., entre maio e junho, com o segmento VIP teve queda de 20%. Para a Whirlpool Corp. suas vendas de eletrodomésticos, na América Latina, no período da mesma tiveram queda de 3%. A American Airlines Group Inc. reclamou que menos passageiros viajaram para a América Latina na classe executiva. Na Delta Air Lines, na região da América Latina, sua receita teve queda de 5%. Mas muitas outras lucraram e muito; A mineiradora inglesa African Barrick Gold PLC, que em sua mina North Mara, teve o número de invasores ao nível zero, durante a Copa, cujo fato levou seu presidente a brincar: “quem sabe, venhamos a pedir à Fifa que o período das novas Copas, seja ampliado”. Em Brasília (DF), segundo dados da Fecomercio, o comércio local, a queda foi de -6,2% em junho, frente a maio anterior. No segmento de bares, restaurantes e lanchonetes, as vendas caíram -2,3%, na relação com o mês anterior, maio. (wsj.com/brasil – 01/08/2014 e Correio Brasiliense – 23/07/2014)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.