Otimismo para 2021 na moda inverno

Segundo o IEMI – Inteligência de Mercado, a temporada de inverno é uma época do ano aguardada pelo varejo de moda, visto as perspectivas de aumento nas vendas de artigos com maior valor agregado, o que impacta nos resultados dos varejistas. São malhas, jaquetas, casacos, botas, que representaram R$ 55 bilhões do total de R$ 220 bilhões em 2017. Ainda de acordo com o IEMI, no ano passado, o varejo de vestuário de inverno movimentou cerca de 526 bilhões de peças, volume 3,4% superior a 2016. Neste segmento no último dia 4 encerrou-se a feira do Circuito das Malhas, realizadas há 15 anos que agora passou a chamar-se  de FEIMI- Feira da Moda Inverno. Em julho próximo, no período de 15 a 24 acontecerá uma nova edição no pavilhão Vera Cruz, localizado em São Bernardo do Campo (SP). Pelos modelos de projeção do IEMI, nos próximos 4 anos a indústria de moda deverá acumular um crescimento de 13% a um ritmo médio anual 3,1% em volume de peças confeccionadas que poderá traduzir-se num recorde histórico com algo em torno de 6,7 bilhões de peças a serem confeccionadas naquele ano. (@IEMIpesquisas)

3003

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.