O setor vestuário e o carnaval

A coleção carnaval de Maria Filó, passou de 1800 peças em 2015 para mil peças produzidas para o carnaval de 2016 a qual, segundo sua diretora de criação Roberta Ribeiro poderá render R$ 300 mil. A Richards, de moda masculina, criou uma mino nova coleção que permeia o carnaval, mas atenderá toda a nova temporada de verão. A Farm, por sua vez, deverá totalizar cerca de 10 mil peças femininas (roupas, calçados e adereços) cujas preços variam de R$ 150 a R$ 400. No segmento infantil, a Aphabeto, com 74 lojas no País, lançou 9 fantasias de acordo com sua gerente de marketing Cecília Maia. E a Zinzane, de roupa feminina, com 100 lojas, segundo seus donos, Claudia Richa e Renato Vilarinho, suas vendas em janeiro quase que dobraram frente a janeiro de 2015. (Valor/04-02-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.