O óleo de soja depois de seu uso

Todos os anos cerca de 2 bilhões de litro de óleo vegetal comestível são consumidos no Brasil. Algo em terno de 10 litros per capital/ano, dos quais 95%, aproximadamente, é extraído da soja. Ingerido junto com outros alimentos chega a 80%. Os 20% restantes transformam-se em resíduos de gordura, caldo poluente que na maior parte acaba tendo como destino as piores escolhas possíveis: o ralo e mesmo o vaso sanitário. “Parte desse óleo fica preso nas paredes das tubulações e nas caixas de gordura”, explica Sônia Oliveira, gestora de projetos ambientais da Sabesp. Ela destaca que o óleo e os restos de alimentos retidos acabam invariavelmente dando margem a proliferação de ratos e baratas. (Revista Problemas Brasileiros/Nª 434/Março-Abril/2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.