Notícias: Tira aqui, mas repõe ali.

Em vez de 20% sobre  a folha dos salários dos setores de calçados, móveis, têxteis e de vestuário, o governo vai aplicar 1,5% sobre o faturamento bruto até 31 de dezembro de 2014. E pela lei 12.546 publicada, no dia 15 de dezembro último, no Diário Oficial da União, eleva a queda em 1,5%, da Cofins, para todos os produtos importados destes mesmos setores assim com os de TI (tecnologia e informação). (Diário do Comércio – 16/12/2011)

 

Siga o IEMI no Twitter: @iemipesquisas

Curta o IEMI no Facebook: facebook.com/iemi.inteligencia


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.