Notícias: quem sairá da esfera do Euro?

Nouriel Roubini, economista que previu a crise de 2008,  afirma que a “Grécia será o novo Lehman Brothers”.

Discursando em seminário realizado por Evli Bank, em Helsinque, Finlândia, o professor de Economia na Universidade de Nova York e co-fundador e presidente da consultoria Roubini Global Economics, Nouriel Roubini, previu “a saída de ou dois dos países integrantes da Zona do Euro dentro dos próximos dois anos”, mas, ao mesmo tempo, tranquilizou o plenário assegurando que “a Zona do Euro não será dissolvida no próximo semestre”.

 Roubini esforçou-se para confirmar a fama de Profeta do Catastrofismo durante seu discurso em Helsinque, mas as contradições que cometeu o economista de origem judaico-turca, administrador de capitais que tornou-se famoso por ter sido o único homem que previu desde 2006 o estouro do mercado subprime norte-americano, foram gritantes.

Afirmou, por exemplo, que, “uma não falência não controlada de um país integrante da Zona do Euro ou uma saída da Zona do Euro provocaria choque que seria sentido não só na Europa, mas, também, na economia mundial”.

Roubini já considera esta perspectiva como acertada, por julgar que “o plano europeu para a solução da crise não acertará seus alvos. E não acertará seus alvos porque registra déficit de crescimento. Não impulsiona o crescimento”.

O Profeta do Catastrofismo atribui “40% ou até mais possibilidades para a Grécia abandonar o euro” e prevê que “isto provocará a dissolução da Zona do Euro, considerando que mais um país integrante eventualmente será obrigado a abandonar o trem europeu em horizonte de dois anos”. (Laura Britt – Monitor Mercantil).

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.