Notícias: Joalheria carioca pede recuperação judicial

Fundada em 1956, devendo R$ 15 milhões e já possuindo 11 lojas, no setor joalheiro, a Natan, na última sexta-feira, dia 08, solicitou Recuperação Judicial. Atualmente apenas seis dos seus pontos de venda estão abertos. Segundo sua direção, tal medida irá possibilitar sua reestruturação, pagar todos os seus compromissos e principalmente, seus funcionários. (Folha de S. Paulo – 11/06/2012)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.