Notícias: IBGE avalia desempenho da indústria em 2011 como “negativo”.

Medidas macroprudenciais, juros, redução da demanda interna, estoques elevados e dólar desvalorizado são fatores que explicam o “ligeiro” avanço de 0,2% da produção da indústria de transformação do país em 2011 na comparação com 2010. Essa é a avaliação do gerente da coordenação de indústria do Instituo Brasileiro Geografia e Estatística (IBGE), André Luiz Macedo. (Diogo Martins – Valor Econômico – 31/01/12).


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.