Notícias: Em loja de roupas, produtos para casa

A tendência de grifes de moda abrirem um braço de decoração, já consolidada no exterior por nomes como Armani e Versace, cresce aos poucos no Brasil. Marcas como Animale, Maria Filó, Isabela Capeto e Qvizu, apostam que os consumidores, além de usar suas roupas, querem seus produtos dentro de casa.

A Qvizu, grife de moda jovem, inaugurou no fim de 2011 a Qvizuland. Renata Grimberg, dona da empresa, já vinha colocando à venda artigos de decoração, mas “os objetos ficavam num móvel num canto da loja”. Ao perceber que a demanda vinha crescendo, “resolvemos partir para loja própria”, diz ela. A primeira foi aberta há um ano no shopping Rio Sul, em Botafogo). “Hoje todas as sete lojas da Qvizu, tanto no Rio como em São Paulo, têm a linha de decoração”, diz a empresária. A linha de decoração já é 30% da receita total.

A Qvizu vende produtos importados e pratos, travessas e cerâmicas, desenhados para a grife e fabricados no Brasil. “Eu viajo muito para garimpar. Há desde produtos holandeses a americanos”, diz Renata Grimberg, que, de seis em seis meses vai a eventos fora do Brasil. Ela procura novos pontos para abrir mais filiais.

A Maria Filó tem uma linha de produtos para casa desde 2000. Suas estampas estão em louças, artigos de decoração como porta-retratos, vasos e bandejas. “O objetivo é que o nosso cliente possa levar a Maria Filó para o ambiente de sua casa. Um produto que tenha o nosso DNA”, diz Renata Joca, estilista da grife feminina. Hoje, em todas as lojas da grife feminina, há produtos da linha casa. “Em cada uma delas temos uma estante com os artigos expostos”. Na Maria Filó, as vendas desta linha representam 6% da receita. A maioria dos produtos é importada da Tailândia, da China, do México e do Peru. Por enquanto, a Maria Filó não abrirá lojas separadamente. Mas há um projeto de longo prazo nesse sentido.

A estilista Isabela Capeto foi uma das primeiras no Brasil a criar um braço de decoração, a Casa Capeto. Inicialmente, lançou uma linha de almofadas, vendida dentro de sua loja de roupas. “Fez tanto sucesso, que cheguei depois a vender até na Macy’s, nos Estados Unidos”, lembra Isabela.

Sua linha de produtos muda constantemente, para surpreender a clientela. “Faço linhas leves. Penso no que estou a fim de fazer, o que crio. Já fiz bandejas, banquinhos, porta talheres, farmácia para banheiros, cortinas e colchas, um pouco de tudo”. De vez em quando, também recebe encomendas pessoais. “Presto consultorias a clientes que querem mudar seus ambientes”. Isabela conta que as vendas têm crescido e que hoje já chegam a 15% do faturamento. “Tenho planos de abrir uma loja exclusiva para casa, pode ser até um quiosque inicialmente”.

Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da GS&BW, consultoria especializada em marketing de varejo e shopping centers, lembra que nos Estados Unidos e na Europa há muitas marcas de moda que já investem neste modelo. Um exemplo é a Zara, do grupo espanhol Inditex, que trouxe a Zara Home ao Brasil no ano passado. “Atualmente temos um mercado mais favorável para o consumo. Por isso, as grifes cada vez mais decidem pela diversificação”, diz o consultor.

A Zara Home já tem mais de 300 lojas no mundo. Em 2011, seu faturamento foi de € 317 milhões, contribuindo com 2,3% das vendas do grupo Inditex.

No Brasil, a Animale, grife de moda mais sofisticada, optou pelo caminho dos aromas para diversificar a operação. Vende água de passar roupa, sabonete líquido, difusores e aromatizadores. “A venda foi acontecendo aos poucos, naturalmente. A cliente entrava na loja e gostava do aroma. Então resolvemos permitir que ela levasse isto para casa”, diz Luciana Farias, gerente de marketing da Animale. “No início, começamos dando os produtos para alguns clientes e depois colocamos à venda”.

A gerente da Animale conta que a linha deve crescer ao longo dos anos. “Se compararmos com o mercado lá de fora, a tendência é de uma grande expansão. As grifes têm esmalte, perfumes, uma gama enorme de produtos. Terreno não falta para explorarmos”, diz Luciana Faria. (Valor – 08/02/2013)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.