Notícias: Eles tem, mas nós não.

Para o consultor de negócios da Petrobrás, Alexandre Palhano Corrêa, que participou do recente Painel Brasil-China na 2ª Conferência de Desenvolvimento organizado pelo IPEA, um dos setores de importância estratégica para estes dois países é o da energia, como é o caso do petróleo, cuja produção na China está estagnada. Neste particular, pondera o mesmo que a China tem uma estratégia para o Brasil, mas o nosso país, por enquanto, não tem em relação à China. (Monitor Mercantil – 12/12/2011)


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.