Notícias: calçados da China escapam de sobretaxa no Brasil via Paraguai.

Sapatos produzidos na China estão entrando no Brasil pelo Paraguai, escapando da sobretaxação ao produto asiático imposta pelo governo brasileiro no ano passado. A constatação da chamada triangulação é feita pelo próprio setor calçadista do país vizinho. 

De acordo com o presidente da Câmara da Indústria Calçadista do Paraguai, Carlos Fleitas, em 2010 o país importou cerca de 18 milhões de pares de sapatos chineses (US$ 42 milhões). Para Fleitas, essa é a maior evidência de que grande quantidade dos calçados asiáticos acabaram atravessando a fronteira. Nesse processo, os sapatos chineses entram no Brasil livres da tarifa antidumping de US$ 13,85 por par, cobrada desde 2010.

Segundo o MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), 4,8 milhões de pares vieram, oficialmente, do Paraguai ao Brasil no ano passado, 43% a mais que em 2009.

O diretor da Abicalçados (indústria calçadista brasileira), Heitor Klein, alerta para que a triangulação diminui também a arrecadação de impostos.

DUMPING

Em outubro, o MDIC instaurou investigação para avaliar a ampliação do antidumping a outros países, como Vietnã e Indonésia. A Abicalçados chegou a pensar na inclusão do Paraguai no processo, mas o governo pediu para tratar do caso por vias diplomáticas. O MDIC diz que não comenta investigações em andamento.

(Leandro Martins – Folha de São Paulo)


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.