Notícias: As fardas do Exército brasileiro, por enquanto, também serão chinesas.

Os soldados do Exército brasileiro, continuarão, por enquanto, vestindo fardas, também, produzidas na China. As confeccionadas no Brasil poderão ser mais caras até 8%. O orçamento, para a compra de texteis e vestuário para o Exército, em 2012 prevê uma cotação na ordem de R$ 78 milhões. (Estadão – 09/12/2011)


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.