Na mídia: Inverno frustra setor de vestuário

As vendas das coleções de inverno foram decepcionantes e as projeções de crescimento para a indústria de roupas começaram a ser revistas para baixo. Sem contar com uma forte recuperação no segundo semestre, a produção do setor de vestuário deve continuar estagnada. “O inverno ainda não apresentou bom desempenho. É difícil o verão compensar isso”, diz Marcelo Prado, diretor do Instituto de Estudos e Marketing Industrial. Com a demanda fraquejando, a oferta tem pouco espaço para crescer. Para este ano, as projeções apontam para alta de 1,5%, um retorno aos 6,4 bilhões de peças registradas em 2010. No primeiro quadrimestre, a produção recuou 13%. (Págs. 1 e B5)

 

>> Leia a matéria na íntegra

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.