Na Mídia: Homens estão comprando mais artigos de cama, mesa e banho

Que muitos homens das novas gerações não dependem tanto de mulheres para manter a casa em ordem já não é novidade. Mas as tarefas de “dono de casa” vão bem além de arrumar ou limpar. Adquirir os produtos têxteis de cama, mesa e banho também é uma tarefa hoje comum para eles.

Antes raros nas compras desses artigos, os homens já são 18% do público que os adquire, conforme pesquisa do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI). Há 6 anos, eles eram somente 6%. Já não é incomum ver pais, maridos ou mesmo solteiros escolhendo nas lojas os lençóis, fronhas, colchas, cobertores, edredons, toalhas de banho, toalhas de mesa, panos de prato, guardanapos e outros produtos de tecido para a casa.

Mas nem todos fazem esse tipo de compra sozinhos. Dos pesquisados, 89% disseram estar acompanhados da esposa nessa hora. Isso mostra que, mesmo que não tenham sido os únicos na escolha dos bens, participaram mais dela.

A pesquisa mostrou quatro perfis de compradores (ambos os sexos). O conservador (38,7%) escolhe os têxteis combinando com os que já tinha, além de observar bastante o custo-benefício. O pragmático (30,31%) também olha preço, praticidade e qualidade, mas compra só para substituir uma peça velha e gasta. O impulsivo (17,4%) vive à cata de novidades, e não é necessário que uma peça se estrague para comprar outra. O antenado (13,8%) busca status e identidade na decoração da casa, também sempre à procura de novidades nas lojas e publicações.

Desses quatro, o homem lidera apenas no quesito dos pragmáticos, 51,5% deles. Já é comum a procura de informações como o tamanho certo dos lençóis de acordo com o colchão, se o material apresenta “bolinhas” com o tempo, se é prático para lavar e secar e outras que, quando bem observadas, facilitam bastante o dia a dia.

 

Leia a matéria na íntegra

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

Curta o IEMI no facebook

Siga o IEMI no twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.