Na Alpargatas, seus minoritários poderão ser prejudicados

A J&F, holding de grupos como a JBS, Banco Original, entre outros, nova dona da Alpargatas, desde 2015, com 54% de suas ações em razão dos últimos acontecimentos políticos, poderá encontrar dificuldades para migrar ao Novo Mercado, segmento de maior elevação de governança corporativa da B3 (novo nome da BF&BOVESPA). Se tal ocorrer os minoritários dessa companhia e seu investidor Silvio Tine (segundo maior acionista dessa calçadista), por meio de sua holding Bon Sucex, que detém mais para mais de 10% das ON e 10% PN, deverão ser afetados pela medida, pois a majoritária (J&F) pretende converter as ações PN para ON na proporção de 1,3 para 1. Para tanto haverá duas assembléias no próximo dia 2 de junho, quando o grupo de acionistas preferenciaislistas tal qual Tine, contrários à conversão acreditam barrar essa pretensão que permitirá a J&F aumentar sua participação de 54% para 59%. (Empresas/Valor/22-05-2017)

Dollarphotoclub_39241116

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.