Moda infantil em ritmo próprio

Tico Sahyon, que criou a menos de ano e meio, a etiqueta Mini US, diz: “Roupa de criança não deve ser igual a de adulto em tamanho menor”. Em função desta premissa, informa que: “Neste momento em que o surf está em alta, criamos uma coleção com a cara do Havaí”, que vende através de suas duas lojas (Moema e Shopping Cidade Jardim). Com 14 anos de mercado e 65 lojas a BB Básico, de acordo com Paula Cortez, sua diretora criativa: “Fugimos de excesso de rosa e glitter”. Enquanto isso a etiqueta Reserva Mini, que atende meninos de até 12 anos, tem como carro chefe a coleção Tal Pai, Tal Filho que replica o estilo de roupas dos pais, além de oferecer uma gama exclusiva para crianças onde o toque é moldado pela irreverência. (Valor/10-02-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.