Mesmo exportando, móveis terão recuo

O IEMI – Inteligência de Mercado, prevê que os embarques de móveis produzidos no Brasil, deverão crescer apenas 5,7% este ano, em volume, sobre uma queda de 7% do exportado no ano passado ante 2014 quando a indústria brasileira embarcou 16,3 milhões de móveis para o exterior. (DCI/SP/07-04-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.