Menos negativo em termos de emprego

Com base no CAGED a CNC – Confederação Nacional do Comercio, anunciou que dos 25 setores acompanhados 13 deles apresentaram dados positivos no primeiro trimestre frente a 2016. Entre os 13 a indústria do mobiliário e de madeiras absorveu 365 novos empregados, enquanto em 2016 dispensou 3.359. Por sua vez, a indústria têxtil do vestuário mostrou o ingresso de 13.383 pessoas contra as dispensas de 6.668 ocorridas no primeiro trimestre de 2016. Igualmente, no segmento calçadista, foram preenchidas 19.418 vagas contra as 15.369 contratadas no primeiro trimestre de 2016. No agronegócio, o saldo de empregos formais gerados atingiu 14 mil. (E&N/ Estadão/02-05-2017)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.