Menor inflação de serviços desde 2000

Após anos seguidos com alta superior a 8%, a inflação de serviços deverá encerrar 2018 com índice inferior a 3,5%. A sua variação onde se incluem entre outros cabeleireiros, lavanderias e restaurantes, será a menor desde o ano de 2000. Tal fato segundo o economista-chefe da LCH Consultores, Bráulio Borges, tem como um dos fatores o baixo índice de trabalho que ainda concorre com um desemprego da ordem de 11,6%. (E&N/Estadão/07-01-2018)

(Imagem meramente ilustrativa)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.