Leader pretende reverter

A varejista carioca Leader fundada nos anos 50 em recuperação extrajudicial há seis meses e com dívidas de R$ 1,160 bilhão (R$ 160 milhões com fornecedores) fechou 2018 com queda de 16% sobre 2017 ao contabilizar o faturamento de 1,08 bilhão e despesas de R$ 370 milhões (em 2016 foram de R$ 600 milhões). André Peixoto, sócio e presidente, dessa varejista, declara que: “sua batalha é recuperar o caixa”, quando também destaca “Vamos ficar muito vivos este ano e a boa notícia é que viramos o resultado”. De suas 170 lojas em 2015 conta agora com 104. (Empresas/Valor/15-02-2019)

OCD9OB0

(Imagem meramente ilustrativa)

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.