Jornada de 12 horas

Até o final do ano, o governo de Temer, com vigência de 28 meses, pretende enviar ao Congresso,  proposta que deverá elevar o limite diário da jornada de trabalho de 8 horas para 12 horas, já contando horas extras, informou ontem, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Porém, enfatizou que o teto será mantido em 48 horas (44 horas mais 4 horas extras). Sobre o assunto o presidente da CNI, Robson Andrade, entidade que aprova a proposição, disse: “O mundo não tem mais dogma, não existe mais nada “imexível”. O Governo francês falou que pode trabalhar lá até 60 horas semanais”. (Estadão/09-09-2016)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

 >> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.