Irão cobrar R$ 25 bilhões

Será encaminhada pela Procuradoria Geral da Fazenda ao Conselho Nacional de Justiça um lista de mil ações que estão sendo movidas contra grandes devedores e cuja prioridade poderá fazer ingressar aos cofres públicos cerca de R$ 25 bilhões. Nesta ação conjunta, que envolve o Ministério da Fazenda, do Planejamento, além do Supremo Tribunal Federal, o foco principal será o de eliminar tempo perdido e dinheiro a ser gasto na captura de possíveis “créditos podres” e irrecuperáveis (Estadão/04-12-2015)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.