Indicadores: em valores, as receitas dos hipermercados recuaram 1,5% em junho.

Em valores, as receitas dos hipermercados recuaram 1,5% em junho ante um também recuo de 6,6% em maio, já em relação a junho de 2010 houve crescimento de 10,2%. No ano, de janeiro a junho de 2011 sobre igual período de 2010, acumula alta de 11,1%, já nos últimos 12 meses, acumula um crescimento de 11,8%, de acordo com o IBGE. (resultados sem ajustes sazonais).

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.