Inadimplência atinge 26,7% das famílias

Segundo o SPC, em julho, a inadimplência atingiu o seu patamar maior – 63,4 milhões de pessoas. Nesse total se incluem 26,7% de famílias de menor renda (em junho de 2017 eram 29%). No grupo de famílias com renda superior a 10 salários mínimos, o indicador mostra 10,8% – em igual mês de 2017 era de 10,6%. Entre as contas em atraso, destacam-se as de luz e água, por apresentarem juros de atraso bem mais baixos que os praticados por estabelecimentos financeiros. Até julho a inflação acumulada dos últimos 12 meses, segundo o IBGE, atingiu 4,48% e a inflação na energia elétrica chegou a 18,02%. (E&N/Estadão/20-08-2018)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.