IEMI realiza estudo de competitividade no Paraná

Durante palestra realizada no Sindicato da Indústria do Vestuário de Maringá (Sindvest Maringá), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e o Sebrae, Marcelo Prado, diretor do Instituto de Estudos de Marketing Industrial (Iemi), afirmou que, apesar de estar posicionado entre os quatro maiores produtores de vestuário, o Brasil ainda se encontra muito distante dos demais produtores, já que a posição do país no ranking corresponde a 3% de tudo o que é produzido no mundo.

Segundo os dados apresentados, China e Hong Kong concentram mais de 47% da produção mundial, mas, para Prado, o baixo custo dos produtos asiáticos que entram no país não é o principal fator preocupante para o setor no Brasil. “Mais de 60% dos produtos de vestuário importados pelo Brasil são chineses. Destes, 70% são mais caros que os produtos brasileiros. Quando falamos de produto chinês, o preço não é o maior preocupante; precisamos nos ater a questões como qualidade e inovação. A maioria dos países asiáticos está se especializando em produtos de alta qualidade para atender o mercado europeu”, explicou o diretor do Iemi.

O estudo apontou que um dos pontos fortes do Paraná é a alta produtividade do setor, que supera as demais regiões do país, já que o estado produz 7,1 mil peças por funcionário por ano, enquanto no restante do país o índice é de 5 mil peças por funcionário por ano. O Paraná apresenta quase 2.500 indústrias de vestuário, sendo 97% micros e pequenas empresas, sendo que 60% das indústrias não têm marca própria. Entre as sugestões dadas por Marcelo para a melhoria da produção paranaense, estão a implantação de melhores práticas de produtividade e qualidade, a inserção das indústrias no e-commerce, a construção de valor para a marca própria agregando valor aos produtos e o investimento em marketing. (Fonte: Revista Costura Perfeita – 22/05/2014)

>> Leia a matéria na íntegra

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.