Guarda roupas fica mais informal

O guarda roupa do brasileiro está ficando mais informal,  e as peças polivalentes ganhando fatia de mercado”, afirma Marcelo Villin Prado, do IEMI – Inteligência de Mercado. “O guarda-roupas dos brasileiros está ficando mais informal porque os consumidores postergam as compras de itens que só vão usar em poucas ocasiões, ainda, com a alta do desemprego, as calças sociais perdem mais vendas frente a de outras modalidades”, continua Prado. “Por sua vez, sobre o segmento de roupas profissionais, Fernando Pimentel, presidente da Abit, afirma: “Este, sempre sofre mais que os outros em crise e agora com obras paradas e investimentos estancados, isso aconteceu de novo”. “Toalhas e roupas íntimas, especialmente masculinas, são outras peças que enfrentam pioras mais fortes”, segundo Pimentel. Ainda de acordo com o IEMI, no período de janeiro a abril, deste ano, a produção de confecções cresceu 5,5%. (Mercado Aberto/ Folha de SP/ 13-06-2017)

jeans-lots-parking-lot

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Conecte-se ao IEMI no LinkedIn

>> Curta o IEMI no Facebook

>> Siga o IEMI no Twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.