Gira Calçados movimenta cerca de R$ 8 milhões em vendas de produtos e máquinas

A segunda edição do Gira Calçados atingiu a sua meta de negócios. Quarenta e quatro empresas do Nordeste e 13 de outros estados venderam cerca de R$ 8 milhões em produtos e máquinas durante três dias. Os negócios foram fechados no evento e projetados para até um ano. O evento contou com a participação de mais de 200 lojistas de 25 estados brasileiros, além da exposição de 22 máquinas e cerca de 166 mil produtos. O Gira Calçados 2014 será de 3 a 5 de junho.

O total negociado na Rodada de Negócios entre expositores e lojistas durante o Gira Calçados deste ano foi de R$ 1,9 milhão. Os negócios projetados para até um ano são de R$ 4 milhões, o que somou entre negócios fechados e a fechar R$ 6 milhões, segundo a coordenadora da Rodada, Christianne Fiúsa. “Em relação ao ano passado, o valor fechado em negócios aumentou 35%. Superamos as metas de valores. Para a realidade do varejo foi um resultado excelente”, explicou Christianne.

Já o showroom de máquinas e componentes para calçados gerou R$ 1,2 milhão em vendas diretas e quase R$ 820 mil em negócios projetados em até seis meses, conforme o gestor do projeto de Calçados do Sebrae Paraíba, Rodrigo Dantas.

Empresários 
A empresa All Foot, da cidade de Salvador/BA, fabrica as marcas Vitiello, Kammy e Week e, devido aos bons negócios fechados este ano, será uma das que participará do Gira Calçados 2014. O representante Edson Pithon e o diretor comercial Ricardo Candeias trouxeram um produto de tendência na Bahia para a feira. Um tipo de sapatilha de tecido com corda, colorida, que chamou a atenção dos lojistas.

“Colocamos uma meta de vender dois mil pares, mas chegamos a cinco mil. Fizemos ainda muitos contatos, vendemos para cinco redes do Sul do país e para o Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Sergipe, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Acre e Amazônia”, detalhou Edson.

O evento foi lucrativo também para os paraibanos, como o grupo Cimar Calçados, que fabrica as marcas +Bella e Personal Sandálias, que vendeu R$ 300 mil para um semestre. No segundo ano de participação do Gira Calçados, o Cimar conseguiu mais negócios do que ano passado por causa de uma linha de calçados que lançaram, com inovação e maior valor agregado. O diretor executivo, Aírton Figueirêdo Filho lançou o blog da futura loja virtual multimarcas chamada Calce.me (http://calce.me).

Lojistas 
Os compradores do Gira Calçados levaram muitos produtos nordestinos para suas localidades. Francisco das Chagas Silva, vendedor da empresa Chagas Novidades, da cidade de Manaus/AM comprou da Paraíba e do Ceará. “Estou levando calçados e acessórios. Achei a escala de produção boa. Estou na primeira participação do evento e pretendo voltar”, comentou.

O conterrâneo dele, José Dorval da Costa, da Cinderela Calçados, também da cidade de Manaus investiu um pouco mais para seu negócio. “Fiz cerca de R$ 100 mil em negócios. Achei os produtos de ótima qualidade”, disse. Ele veio pela primeira vez , mas vai voltar. (Fonte: Maquinário Comunicação)

 

Fique por dentro do mercado de Moda e Decoração

>> Curta o IEMI no facebook

>> Siga o IEMI no twitter

>> Conheça nossos Produtos e Serviços


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os comentários são sujeitos a moderação antes de serem publicados. Campos obrigatórios são marcados com *.